Livro 2

Resumo de 21 de Novembro

Apresentação

Publicado originalmente em 1870, “Vinte Mil Léguas Submarinas” é uma das obras literárias mais famosas de Júlio Verne, escritor francês geralmente considerado como o pai da ficção científica. Esta obra, conta uma história de um misterioso monstro marinho que vem provocando o terror nos oceanos, afundando navios e matando os seus tripulantes e causando sérios danos nas viagens transatlânticas. Para tentar capturar o terrível animal é enviada uma expedição americana (Abraham Lincoln) na qual faz parte o professor Aronnax, o arpoador Ned Land e o fiel Concelho. Recolhidos pelo Nautilus (um navio submarino, movido a eletricidade e totalmente autónomo do meio terrestre) o capitão Nemo convida o Aronnax e os seus dois companheiros (o seu fiel criado Concelho e o arpoador canadiano Ned Land) a embarcarem para uma viagem que os leva a percorrer 20 mil léguas pelo fundo dos oceanos.

Capítulo 1: Um Recife Arisco

O ano de 1866 ficou marcado por um acontecimento raro, diversos navios depararam com um objeto infinitamente maior e mais veloz de que uma baleia. Vários navios regressaram ao porto por terem sido atacados por esse monstro marinho, como a ciência o denominou.

Na noite de 5 de março de 1867 acontece um incidente, o navio (Moura vien dá Montreal o auction company) colide a sua alheta de estibordo contra um Recife. Passado um mês outro navio colide com um objeto e provoca um buraco num dos compartimentos. As pessoas ficaram assustadas e os rumores sobre o monstro marinho retornaram. A opinião pública manifestou-se exigindo providências das autoridades porque navegar estava sendo algo muito perigoso.